• Novo
search

Pimentas da (5 dúzias)

25,00 €

Pimenta cultivada em solo com adubo orgânico. O cultivo em terra é a forma tradicional de produção de alimentos, em comparação com as produções hidropônicas que utilizam fertilizantes industriais.

Quantidade

Pimentas da Gernika disponíveis de maio a outubro. O preço indicado é para 5 dúzias de 60 pimentas da Gernika. A quantidade mínima de pedido é de 5 dúzias. Se desejar mais de 5 dúzias, adicione 5 a 5 dúzias de pimentões.

Receba pimentas Gernika de alta qualidade, selecionadas à mão para evitar pimentas com dobras, diretamente do pomar da Biscaia. Todos serão retos e terão entre 6 e 9 cm de comprimento.

Pimentas Gernika

As pimentas Gernika são uma variedade de pimenta da província de Biscaia, resultado da adaptação que a espécie nativa americana sofreu às condições climáticas da região. Sua cor é verde intenso e sua forma é alongada e pontiaguda. Possui um pedúnculo longo e seu tamanho varia entre 6 e 9 cm. Na boca, sua carne é fina e macia, e não coça. É consumido preferencialmente frito, revelando-se um bom companheiro para vários pratos de produtos sazonais.

A época ideal para consumir as pimentas Gernika é do final de abril a novembro.

A área de produção corresponde às áreas de clima atlântico da Comunidade Autónoma do País Basco que apresentam um índice de evapotranspiração real superior a 585 mm, fator climático fundamental, pois tem um impacto direto nas características da pimenta. Essas áreas oferecem as condições ideais para o cultivo, que podem ser resumidas em: alta umidade relativa do ar, temperaturas moderadas, baixas oscilações de temperatura, solo levemente ácido, circulação de ar suficiente para favorecer o movimento do pólen entre as diferentes plantas. A colheita ocorrerá principalmente entre abril e novembro. A colheita será manual e escalonada, fazendo quantas passadas forem necessárias; isso será feito no ponto de desenvolvimento ideal do produto. Será feito com cuidado, para não danificar a fruta. Os pimentos recolhidos serão transportados em caixas ou contentores rígidos evitando sempre o seu esmagamento para o armazém de acondicionamento. A pimenta Gernika era inicialmente conhecida como Pimenta da Biscaia. É uma variedade que se adaptou perfeitamente ao clima e ao paladar dos bascos. Tem diferenças com outros pimentões verdes nas características do fruto, tanto na espessura da polpa (menos na pimenta Gernika), quanto na presença de uma epiderme espessa que forma "pergaminho", bem como na intensidade da cor e do sabor. A pimenta Biscaia antigamente era uma cultura voltada principalmente para a produção de pimentas já maduras (como frutos vermelhos), ou seja, a produção de chouriço. Mais tarde foi seco em cordões e mantido seco para uso na preparação de enchidos e como condimento para a preparação de molhos e ensopados muito apreciados na gastronomia do País: Bacalhau a la Vizcaina, al pil-pil, sopa de alho...

Preparação

Lave as pimentas Gernika em bastante água e seque-as com um pano. Colocamos uma frigideira com bastante azeite no fogo, dois dedos de altura, e levamos ao fogo alto. No momento em que vemos que o óleo está muito quente, mas sem fumar, despejamos as pimentas, aquelas que entram no fundo da panela, se necessário fritamos em dois ou três lotes. Nós os viramos cuidadosamente com uma pinça e deixamos fritar por no máximo 20 segundos, é só colocá-los no óleo quente e em uma bandeja com papel absorvente. Cuidado com respingos!

Depois de fritos, temperamos e servimos antes que esfriem. Para que nunca fiquem dourados, devem ter um belo tom verde e oferecer uma leve resistência ao mordê-los, com sabor de pomar.

62e3dc29c763a